No Eu Confesso para Adultos você desabafa em TOTAL ANONIMATO Atenção: Esta secção destina-se apenas a MAIORES DE 18 ANOS.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

NOVA PLATAFORMA - Perguntas e Respostas:

Gostaria de saber como me livar de uns vagabundos aproveitadores que estão dia e noite querendo se aproximar da minha casa (fazer amizade com meu velho) , mas que na verdade são um bando de aproveitadores PARASITAS!! que NÃO CONTRIBUEM em nada com minha vida a não ser ter me PREJUDICADO de todas as maneiras […]
» Clique aqui para continuar a ler ou para responder
Pessoalmente gostava de ser lembrada como alguém que foi justa e que nunca desistiu até ao final
» Clique aqui para continuar a ler ou para responder

Meu segredo e meu arrependimento eterno. Feminino

Confissão ID: 220026 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Eu tinha 5 anos quando isso aconteceu, estava brincando com uma amiguinha 2 anos mais nova que eu, ela tinha 3 anos somente e era muito inteligente. Resolvemos dormir ja que era tarde. E nós duas pra nao levar bronca dos nossos pais resolvemos fingir que estavamos dormindo. Na brincadeira como eu era a mais velha, eu comandava, e tive vontade de beijar. Sim, eu menina de 5 anos tirei meu BV com uma menina 3 anos. E na onda comentei como seria sentir uma lingua na minha b*ceta, ela sendo esperta foi se enfiando por debaixo dos cobertores e lambendo minha b*ceta por um minuto. Nao durou muito tempo, pois era so uma brincadeira.
Depois de muitos anos despertei minha vontade por ser lambida dnovo, quando olhei duas garotas se beijando na internet.
Depois disso o meu pesadelo começou.
Comecei me masturbar quase todo tempo, sentia nojo de mim.
Sabia que aquilo estava me impedindo de enxergar muitas coisas ao redor.
Encontrei com essa menina quase 11 anos depois e vi que ela tinha mudado. Me olhava nao como uma menina olha pra uma nova amiguinha. Estava me olhando com um certo desprezo, talvez porque eu fingi que nao me lembrava de nenhuma intimidade entre nos.
Mas tambem ela me olhava com um olhar de quem queria me comer.
Ceus! Tinha impregnado a mente de uma menina! Penso angustiada, me arrependo.
Hoje tenho 21 anos. Eu me arrependendo de nao ter esperado. Me arrependo. Porque queria conhecer esse mundo dos prazeres com o homem certo. Gracas a Deus eu sou virgem ainda. Mas por causa de tudo o que aconteceu, eu nao consigo olhar pra nenhum homem e sentir' alguma coisa. Nao sinto desejo por ninguem. Nao sou lesbica. Nem tenho vontade de ser. Me toco todos os dias, tenho sede sim, pra conhecer um mundo mais amplo dos prazeres. Mas me arrependo de ter comecado dessa forma. E denovo eu me toquei hoje. Eu peço pra Deus que meu marido seja maravilhoso e seja tambem um FOGo rs. E espero que Deus ilumine os caminhos dessa menina e suas decisoes tambem.
Me arrependo. E quem sabe depois que eu postar isso. Eu possa me sentir mais leve.
. SIM eu sou muito sentimental e nao me julguem! Foi só um desabafo, eu nao vou mudar minha maneira de pensar!
Obrigada por esse site! Beijos a todos

Texto desabafado por Sophy , em Quarta, 01 de Maio de 2019
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Sophy agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: sexo oral     amigas     lesbica     heterosexual     ARREPENDIMENTO    
Os comentários estão desativados nesta confissão por escolha do autor.
0
0
0
0