No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

NOVA PLATAFORMA - Perguntas e Respostas. Surpreenda-se com as respostas no novo Eu Pergunto:

Jair Messias Bolsonaro já pode ser considerado o melhor presidente da história do universo?

Eu tenho orgulho de ter um presidente como o Messias Bolsonaro, um cara honesto, simples, perfeito, leal, lindo, patriota, cristão, defensor da família e dos bons costumes, competente, bondoso e etc…..

É perigoso usar Faceapp (aquele app pra envelhecer)?

Obrigada..

Mente perturbadora Feminino

Confissão ID: 223355 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Preciso desabafar em algum lugar.
Sou uma jovem mulher,quando criança fui molestada por parentes próximos e alguns vizinhos,parece até loucura o que eu vivi mas todo mundo de certa forma parece que se sentia no direito de passar as mãos em mim, me ofereciam dinheiro em troca do meu silêncio,eu sendo uma criança,mas bem esperta pra minha idade,cheguei a falar mas ninguém me deu ouvidos,apanhei até, minha mãe era abusiva de resolver tudo com surras e terror psicológico, convivi com drogas,sexo,violência etc ...
Enfim comecei a ver pornô mais ao menos nessa fase 9 ou 10 anos,assistia escondido com as minhas irmãs mais velhas,me masturbava e passei a querer abusar de outras crianças, luto a vida inteira contra isso , tá me matando porque me masturbei vendo contos eróticos com crianças e até vendo fotos de crianças vestidas normal,nunca abusei de nenhuma criança e nem pretendo é uma coisa que só ocorre na minha mente doente, me masturbava vendo vídeos bizarros, pornô é uma desgraça na minha vida tbm,tô conseguindo parar aos poucos de assistir e de ter pensamentos envolvendo crianças ou incesto ,não tenho um centavo pra procurar ajuda profissional e estou desempregada,me tornei uma pessoa agressiva com todos,tenho impulsos de bater nas pessoas,me sinto destruída depois mas não consigo controlar,sinto muito ódio por tantas coisas ruins que vivi nessa vida,ainda mais na infância que me marcou pra sempre,nada justifica e eu sou um lixo de ser humano,ninguém consegue enxergar as minhas qualidades ou talvez eu não tenha, meu marido jamais pode saber disso é a única pessoa que está do meu lado mesmo eu sendo ruim
Não lembro ao certo a idade que comecei a ter pensamentos suicidas mas não tem um dia que eu não pense nisso,minha mente não me deixa ter paz, só queria colocar isso pra fora de alguma forma.

Texto desabafado por Anônima , em Terça, 18 de Junho de 2019
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Anônima agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: DOENTE     Nojo     ódio     Lixo     Desprezível    

Comentários ao Desabafo de Anônima

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0


r