No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

NOVA PLATAFORMA - Perguntas e Respostas:

Por mim depende? eu tinha algumas pessoas com quem eu ia acertar umas contas
» Clique aqui para continuar a ler ou para responder
Situação: quando um rico entra em um supermercado e compra um refrigerante ele paga um valor X, mas, se um pobre, assalariado, compra o mesmo refrigerante ele paga o mesmo valor que o rico, isto para todos produtos e situações. Como acho que deveria ser: ao fazer uma compra todo cidadão deveria apresentar um documento, […]
» Clique aqui para continuar a ler ou para responder

Mundo Sobrenatural 5 ( Little Bastard ) Masculino

Confissão ID: 64557 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu Confesso Que hoje estou muito feliz,não só eu como todos os fãs de The Walking Dead,finalmente chegou a terceira temporada,tem quem diga que tudo aquilo é um grande sonho e que o Rick está em coma...em fim...vamos ao o que interessa,hoje vou trazer para vocês a lenda do Little Bastard,se eu estou não estou enganado essa lenda apareceu em um dos episódios da serie sobrenatural,então a lenda é essa:"Estou destinado a morrer de desastre de automóvel", afirmou, certa ocasião, o ídolo dos adolescentes da decada de 1950, James Dean. E como ele tinha razão! O ator, cujo o último papel no cinema foi o de Jeff Rink, o amargo magnata do petróleo no filme "Assim caminha a humanidade", morreu tragicamente, num desastre de automóvel, aos 24 anos, e, ao morrer, transformou-se no eterno símbolo da juventude desencantada.

Alguns afirmam que Dean tinha vontade de morrer. Já outros colocam a culpa da sua morte prematura no amaldiçoado Porsche Spyder, que ele chamava de Little Bastard (Pequeno Bastardo), em que ele morreu. Para muitos, parecia claro que o carro era cercado por uma aura de destruição, que impregnava toda sua atmosfera.

Dean comprou o veículo na Competition Motors, em Los Angeles, pouco depois de terminar o filme "Assim caminha a humanidade", em 1955. A atriz Ursula Andrews narrou: "Eu lhe disse que o carro me dava uma sensação ruim. Ele prometeu ter cuidado ao dirigi-lo e depois se despediu. Eu sabia que nunca mais o veria."

Diversas pessoas fizeram comentários sobre a desagradável atmosfera que envolvia o carro, incluindo o ator Alec Guinnes, que, quando o viu pela primeira vez, alertou Dean: "Por favor, nunca entre neste carro. Agora são 10:00 de sexta-feira, 23 de setembro de 1955. Se entrar neste carro, você será encontrado morto dentro dele, nesta mesma hora, na semana que vem."

No dia 30 de setembro de 1955, James Dean e seu mecânico particular saíram com o propósito de ir para a pista de corridas em Salinas, Califórnia, onde Dean tinha combinado competir com o veículo. Embora originalmente o Porsche devesse ser transportado em um trailer, Dean mudou de ideia e decidiu ir dirigindo-o. Um erro fatal... Dean foi atingido por um veículo que vinha na direção contrária, morrendo instantaneamente no momento da batida.Um ano depois da batida de Dean, o carro se envolveu em mais dois acidentes fatais e feriu outras seis pessoas. Depois do acidente, o que sobrou do carro foi comprado pelo projetista de Hot Rod George Barris, o “Rei dos Customizáveis”. (Barris, que desenhou o Batmóvel, foi quem personalizou o Little Bastard para James Dean.).

Enquanto estava sendo arrumado, o Pequeno Bastardo caiu sobre as pernas de um dos mecânicos e esmagou-as. Depois disso, Barris decidiu se livrar do carro maléfico: vendeu o motor e a transmissão do carro a dois médicos que participavam de corridas, e dois pneus para outra pessoa. Durante uma corrida, o carro que recebeu o motor do Little Bastard saiu da pista e bateu numa árvore, matando o piloto. O carro que recebeu a transmissão travou e capotou várias vezes, deixando o outro médico-piloto gravemente ferido. A outra pessoa que comprou os pneus do Little Bastard foi parar no hospital, depois que os pneus explodiram simultaneamente, provocando um grave acidente.

Barris, então, decidiu emprestar o que restou do carro para a California Highway Patrol, que faria uma exposição sobre a importância da segurança no trânsito. Na véspera do evento, um incêndio atingiu o galpão de exposição e todos os carros foram destruídos, exceto é claro foi atingido por um veículo que vinha na direção contrária. Um ano depois da batida de Dean, o carro se envolveu em mais dois acidentes fatais e feriu outras seis pessoas. Depois do acidente, o que sobrou do carro foi comprado pelo projetista de hot rod George Barris, o “Rei dos Customizáveis”. (Barris, que desenhou o Batmóvel, foi quem personalizou o Little Bastard para James Dean.).Enquanto estava sendo arrumado, o Pequeno Bastardo caiu sobre as pernas de um dos mecânicos e esmagou-as. Depois disso, Barris decidiu se livrar do carro maléfico: vendeu o motor e a transmissão do carro a dois médicos que participavam de corridas, e dois pneus para outra pessoa. Durante uma corrida, o carro que recebeu o motor saiu da pista e bateu numa árvore, matando o piloto. O carro que recebeu a transmissão travou e capotou várias vezes, deixando o outro médico-piloto gravemente ferido. A outra pessoa que comprou os pneus do Little Bastard foi parar no hospital, depois que os pneus explodiram simultaneamente, provocando um grave acidente.

Barris então decidiu emprestar o que restou do carro para a California Highway Patrol, que faria uma exposição sobre a importância da segurança no trânsito. Na véspera do evento, um incêndio atingiu o galpão de exposição e todos os carros foram destruídos, exceto – é claro – o Pequeno Bastardo, que sobreviveu sem nenhum arranhão além dos que já tinha.

Quando o carro foi colocado em exibição em Sacramento, caiu do display e quebrou o quadril de um adolescente que estava lá. O carro foi colocado dentro de um caminhão para ser levado de volta a Salinas, na Califórnia. O motorista perdeu o controle do caminhão no caminho, foi jogado para fora da cabine e esmagado pelo carro quando este caiu da carroceria.

Em 1960, depois de ser exibido em Miami, os restos do carro maldito desapareceram a caminho de Los Angeles. O Little Bastard nunca mais foi visto depois disso.

E aí, quer dar uma voltinha no Little Bastard?

Texto desabafado por Horror , em Terça, 16 de Outubro de 2012
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Horror agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de Horror

Por favor seja construtivo nos seus comentários.



Você já conhece a nova plataforma de Perguntas e Respostas?
Venha colaborar também no Eu Pergunto:

0
0
0
0