No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

Perguntas e Respostas. Surpreenda-se com o Eu Pergunto:

Respondida: Vocês acreditam que a terra é plana?

Respondida: me ajudem, LEIAM ATE O FIM

Estraguei a amizade Feminino

Confissão ID: 59456 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu confesso que eu estraguei toda a minha vida entre as minhas amigas. Bom, para começar... Eu sempre fui a santinha, a querida, a amiga de todas, e principalmente, a que não sofria nada. Como assim? Eu tenho/tinha 3 amigas, eu dependia delas para tudo! Entretanto, elas sempre tinham problemas na família, viviam na tristeza, e eu aqui, com os meus pais, irmãos bons, boa condição financeira (enquanto a delas não era tanto), sempre choravam.. Sabe, eu sempre me considerei um pouco sortuda por não ter que passar por isso, mas eu sempre tentei ajudar no possível e, geralmente elas gostavam do meu apoio, me consideravam uma das melhores para desabafar e... Acho que deu para entender.
Mas ultimamente nesses últimos meses estamos brigando muito. Na verdade, é entre eu e a minha melhor amiga, as outras duas até que nem tanto... Olha, eu sinceramente estou me achando um pouco covarde por recorrer aqui, já que eu sou a que "menos sofre", que sou sensível por qualquer coisinha e sei lá. Continuando...
Nós quatro normalmente fazemos blogs, páginas para as pessoas visitarem e gostarem, e eu normalmente sou a pessoa que faz isso, eu sou normalmente a dona do site. Mas sempre que estou fazendo, acabo contando para as minhas amigas, para no final não ficar chato, e elas participarem.
Então é óbvio que elas participam! Uma faz o layout, outra os sons do site... Só que normalmente, o site não dá certo. Sabe, por algum motivo, eu tenho azar no fim. Só que eu sou forte para essas coisas, sabe? Tipo, eu acho que isso não vai depender da minha vida, eu não vou morrer por causa disso, enquanto as minhas amigas se prejudicam por causa do esforço gasto.
Então esses dias, há mais ou menos um mês atrás, aconteceu um sério problema no blog novo, e eu exclui rapidamente, aos prantos, porque eu estava mega triste e assustada com o que havia acontecido (desculpe, não posso comentar). Então a minha melhor amiga que havia feito o layout ficou muito irritada, porque eu não deixei ela salvar o layout, e nem perguntei para ninguém e... Bom, nessa parte, eu confesso, eu errei.
Então eu havia prometido que eu não faria mais nenhum blog, e ficamos de bem, sabe... Bom, talvez não de totalmente bem, porque tivemos uma séria discussão, entre todas nós (porque todas estavam ajudando), demorou um pouco para eu voltar a falar com as pessoas, sendo que duas das minhas três amigas estavam decepcionadas com a família (eu disse que todas tinham problemas, desculpe, mas na verdade, uma delas não tem quase nada, como eu...).
Durante essas discussões, elas me chamavam de rígida (algo que eu sinceramente acho um absurdo) porque eu era gentil com elas, e isso dizia que eu as pressionava.
Certo, continuando. Um mês depois, mais ou menos, a amiga que também não tem muitos problemas pessoais como eu me sugeriu para fazer um novo blog, sabe, estávamos no tédio e tal. Fizemos. Pois é.
Então elas vieram me reclamar que eu não dava os créditos para elas. Calma, o blog não estava pronto, não é esse tipo de crédito que você deve pensar, que se coloca em um canto do blog ou nas letras miúdas do filme. É crédito entre.. nós mesmas! Sabe? Tipo, avisar que para a amiga2 que a amiga1 ajudou em tal coisa, tal coisa e tal coisa...
Olha, eu nem tinha me importado muito com isso, mas eu quis explicar o meu ponto de vista. Eu quis explicar que aquilo não era necessário entre nós, eu pensava que elas se falavam, discutiam aquilo e tudo mais... Que elas sabiam quem fazia cada coisa, entende?
Então chegou a parte que elas diziam que eu parecia falsa. Que elas se contavam tudo uma para outra quando eu dizia que não gostava de algo que elas haviam feito no blog, que eu achava que devia ser melhorado. Sim, teve grandes partes da discussão que eu estava errada, mas tiveram outras que eu achei ridículas no meu ponto de vista.
Por que eu parecia falsa? Porque eu dizia assim: "Se não quiser fazer isso, não faça ^-^ Não quero te dar trabalho!". Eu tentava ser o MÁXIMO gentil com elas para elas não se cansarem, para elas fazerem tudo por diversão. E no fim elas consideravam isso como pressionante, como se eu estivesse "contando com o esforço delas" porque eu estava sendo gentil e querida.
Sabe, isso me irritou e muito. Eu estava tentando ser boa! Eu sempre quis ser boa para elas, e isso me afetou, sabe? Eu queria que elas percebessem que eu não fazia aquilo porque queria que elas fizessem, para pressioná-las, mas só para ajudá-las!
Só que então, eu exagerei. Eu comecei a brigar com todas, menos com a minha melhor amiga, que tentou ficar de fora. Até que uma brigou geral comigo, e eu senti que ela quis dizer que "Eu não deveria ficar triste, afinal, minha família é maravilhosa, a minha vida também, eu não tenho nada o que reclamar!". Só que sabe, eu não tenho culpa se eu tenho uma vida melhor que a delas, nem sei se eu tenho, quem sou eu para julgar isso?
Só que o problema é que... Eu queria brigar. Ultimamente eu estou meio estressada, porque eu sou um pouco sensível, sabe? Eu queria realmente acabar a amizade com aquela menina que eu briguei feio.
A outra eu nunca mais vi, ela é meio que de ficar quieta.
E a minha melhor amiga é a única que talvez.. Esteja no meio.
Sabe, eu realmente queria pedir desculpas para a minha melhor amiga, dizer que eu estava estressada e tudo mais, mas vai ser a maior cara de pau, porque eu havia dito que não traria mais complicações! Afinal, são meus os blogs, sabe? Elas não tem que sofrer por causa deles, se são meus. Mas elas se candidatavam, eu nunca pedia para elas participarem.
Só que aquela que eu briguei feio... Eu quero deixar assim. Não sei porque. Me sinto péssima pensando que eu sou uma amiga ridícula ou sei lá. Eu entendo o ponto de vista deles, porque eu já vi que estava errada em muitas partes, só que... Ela não quer considerar o meu ponto de vista porque eu sofro menos, entende?
Ai, é tão confuso! Com duas eu quero viver no arco-íris, fingindo que nunca brigamos, e com a outra eu quero simplesmente acabar tudo, fingir que nada aconteceu!
E não é essa coisa de escola, que a gente volta no dia seguinte e se desculpa. A gente se vê muito pouco, pois estudamos em escolas diferentes e uma até é de outro estado, por isso a comunicação fica mais difícil entre nós.
Sério. O que eu faço? É muito complexo, vocês podem tirar conclusões precipitadas porque tem muito, muito detalhe que tornou isso muito, muito sério. Eu só queria que elas vissem o meu ponto de vista!
E... Eu só quero que tudo volte ao normal. Mas, infelizmente, não quero voltar a ter laços com aquela garota que eu briguei muito, ultimamente eu andei me irritando com ela. Por favor, qualquer conselho! Eu nem sei o que eu quero! Só queria desabafar.

Texto desabafado por Gabriela , em Quarta, 01 de Agosto de 2012
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Gabriela agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: amizade     tristeza     raiva     culpa     duvida    

Comentários ao Desabafo de Gabriela

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0


r