No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

Perguntas e Respostas. Surpreenda-se com o Eu Pergunto:

Respondida: preciso de ajuda matematica

Respondida: Defina Tecnologia em uma palavra?

Cansei de estudar e não ter um trabalho que valha a pena Feminino

Confissão ID: 106731 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu confesso que cansei de estudar. Simplesmente cansei de ler. Abro um livro e fico me arrastando pelas frases, tenho vontade de rasgar tudo e sair correndo. Tento assistir vídeo aulas e não consigo parar quieta na cadeira. Sempre fui uma boa aluna na escola, de tirar nota azul, passar direto e ficar sempre entre as 5 ou 10 primeiras da turma. Sempre estudei em colégio particular, fiz inglês, cursinho pré vestibular. Comecei a frequentar o maternal aos 2 anos e passei de primeira tentativa em uma universidade federal. No curso de farmácia bioquímica. Na verdade NUNCA gostei de estudar (tem alguém que realmente gosta disso qdo se pode dormir por ex?), mas sempre levei a sério por esperar algo mais, algo melhor para minha vida, a realização de meus sonhos profissionais e pessoais talvez. Fiz a faculdade com esmero, porém com dificuldade, pq faculdade de farmácia bioquímica ainda mais numa federal não é fácil. Chorava para aprender tantos cálculos, tanta química e ainda me dar bem nas matérias de biológicas e nos estágios. Passei em tudo sem repetir e formei aos 21 anos, novinha e cheia de sonhos. Ainda durante a faculdade para abrilhantar meu currículo me envolvia em muitas atividades extra curriculares, projetos, monitorias, estágios não obrigatórios, disputava e conseguia bolsas de estudo da cnpq, pibic, estudava bem mais além do que precisava por isso. Queria exercer minha batalhada profissão trabalhando em laboratório de análises clínicas, ser \"doutora\", apresentar meus laudos indicando doenças etc e me sentir assim finalmente útil e gratificada, aquele sonho juvenil bláblá. Não consegui vaga em lugar nenhum, a não ser para trabalhar de graça sem receber $ nenhum. Não queria essa merda claro. Enviei currículo p td qto é lugar, indústrias, laboratórios e só consegui só proposta p ser farmacêutica balconista de drogaria, p trabalhar a semana td, sábados/domingos e feriados EM PÉ, ganhando 800 reais por mês (o piso salarial farmacêutico q era em 2008). Que humilhação! Eu que havia me formado com louvor numa federal estava indignada, imagina como estavam alguns colegas profissionais meus q haviam se formado em particulares, q haviam pago mensalidades em torno de 1.100 reais por 5 anos... depois não receber um salário que pudesse bancar um único mês de faculdade (800 reais por mês pffff...). Eu me neguei. Fui fazer mestrado em uma mega conceituada universidade pública. Estudei, ralei bláblá a merda td do sacrifício p passar e até ganhei bolsa de estudos. Pssei de primeira. Fiz o mestrado em sofrimento de sangue pq minha orientadora psicopata me perseguiu do início ao fim. Mas foi um bom aprendizado e um gde crescimento pessoal (mais do que mental). Pela bolsa de 1200 reais q ganhava no mestrado, eu tinha q me dedicar exclusivamente. Era como se fosse o meu emprego. Justo. Pelo menos era melhor que os 800 reais do piso farmacêutico. Enfim, mestre, fui ver se podia dar aula... Mas pagavam 50 reais a aula e se eu desse o máximo de aulas que eu conseguisse por semana ainda não saia do salário de 2mil reais. A essa altura o piso farmacêutico já era 2mil e compensava trabalhar de balconista de drogaria a ter tanta dor de cabeça preparando aulas. Ah, e tb me ofereceram trabalho voluntário em laboratório de análises clínicas, fazer de grátis, claro. Tão qualificada e de grátis. Resolvi me consumir nos concursos públicos, comprei mtos livros, aprendi matérias de direito e mtas outras na raça, fiz uns 3 cursinhos preparatórios, estudei mais, fiz n provas de concurso e sempre ficava por pouco. Por uma questão ou duas. Surtava um pouco e voltava a estudar. Foram assim alguns anos. Passei num concurso top da minha área e me chamaram p tão sonhada segunda fase do concurso. Eu me lembro que chorei de alegria. Além daquele cargo ser meu sonho profissional acalentado há mto tempo paga um salário de 9mil reais. Justíssimo! Finalmente! Fiz a segunda, a terceira, a quarta fase, passei em tds as fases do concurso top e ainda assim fiquei fora das vagas. A previsão é que chamem em até 4 anos. E também tem outra previsão tb, que eles não chamem ninguém. kkkkk Eu desanimei. Fui trabalhar em drogaria, sai, voltei de novo, sai. P ganhar 2 mil reais e ficar o dia td de pé, sem poder ter um fds livre nem um feriado com o marido... Resolvi sair e estudar p outro concurso, mas não aguento mais. Acho que estou surtando dia após dia. Eu não consigo mais ler nd sem querer sair correndo, td parece ser mais interessante q abrir um livro. Cadeêêêê o meu retornoooo! Virei dona de casa e desempregada. Pensei em fazer medicina, pelo menos aí sei q $ eu ganharia... mas só de pensar em voltar p cursinho e rever td o conteúdo do vestibular eu tenho vontade de gorfar. E ainda ter q passar mais 6 anos na faculdade como estudante até quase fazer 40 anos. Já passei dos 30 e ainda nem tive filhos, está nos meus planos tb ter filhos e dedicar um tempo decente a eles, pelo menos uma licença maternidade, meus fds e feriados né! Estou desempregada e cheia de diplomas embaixo do braço. Estou desanimada. Mas ainda não fiz o Pronatec (sério, não é piada, :I). Conheço uma faxineira q só sabe ler e escrever e ganha 120 reais por dia e eu como farmacêutica ganhava 80 reais por dia. E p farmacêuticos os proprietários de drogaria se negam a pagar vale refeição e outros benefícios como pagam aos demais balconistas e caixas, afinal consideram q o nosso salário já é mt alto. Eu não sei se escolhi mal a minha profissão, fico com essa impressão. Mas me dediquei tanto! Uma vez mentiram p mim que se vc fosse bom naquilo q escolhesse o retorno certamente viria! Cadêêê o meu dinheiro de volta! Pq eu nunca disse q queria trabalhar só por amor! Já me formei há 10 anos e ainda não consegui me inserir do mercado de trabalho! É isso, estou frustrada nesse momento em ter escolhido ser farmacêutica bioquímica e mestre. Ainda bem q não segui para o doutorado!!!!

Texto desabafado por Estudante do Brasil , em Terça, 03 de Março de 2015
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Estudante do Brasil agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: frustrado com a profissão     farmacêutico     concurso     Medicina     cansei de estudar    

O que faço da minha carreira?

 Sigo lutando p me inserir no mercado como farmacêutica [ 46.67% ]

 Largo tudo e faço medicina [ 53.33% ]


Comentários ao Desabafo de Estudante do Brasil

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0


r