No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

Irmão Agressivo Feminino

Confissão ID: 187754 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Já se sentiu preso em algo ? Onde há chances de você ser libertado mas o medo parece ganhar o corpo em meio há a escuridão e lhe puxa , não apenas o medo e sim a importancia do qual você tem pelos outros que lhe faz viver a mesma dor e aguentar por mais doloroso que seja .

Esse é meu caso de tal modo . Podem me chamar de ''Sarah'' . Tenho 16 anos . Irei fazer 17 dia 22 de fevereiro , mas nem pela minha falta de idade não deixo de ser mais madura do qualquer adulto por ai . Mas acho que mesmo sendo madura não posso ser ''melhor '' do que eles por um simples motivo . Não estudo mais .

E antes de tudo não venham me criticar por isso . Minha decisão de abandonar a escola foi por simples sufoco social , não pelas pessoas por que garanto que meus amigos sempre fizeram de tudo para eu estar com eles mas eu sou do tipo de pessoa que deixa os problemas familiares interferirem em sua vida inteira . Meus pais foram um casal metade fiel metade infiel . E essa ultima metade com certeza era minha mãe , alguém do qual descrevo como indesejada e imoral . Ela o traiu da pior forma possível e se logo se separaram depois dele cegado pelo amor dar-lhe duas chances novamente e ela novamente o trair com o mesmo homem . E o fim , ele ganhou 6 pontos na cabeça .

Mas não irei escrever a traição por que daria muita coisa . Ou falar como odeio minha mãe e não nos damos bem . Se fosse uma separação tranquila tudo bem , mas as coisas que ela fez atingiu mentalmente meu irmão e eu . E posso claramente dizer que antes da separação nos davamos bem mas depois que nossos pais se separaram ...a relação de irmandade não era a mesma . '' Alex '' . Ele é 9 anos e meio mais velho que eu . Mas posso dizer definitivamente que ele completamente me detesta , talvez por que na separação de nossos pais eu fui a única que teve a ''atenção'' deles ( de quem ficaria com a guarda que no fim o juiz deu para o meu pai ) ..Ou o fato que tudo que ele pedia meu pai negaria , mas sempre faria quando era eu a pedir . Ou por que ele era o mais velho ganharia menos presentes da familia e eu a mais nova e ''favorita'' ganhava mais .

Mas mesmo que ele cuidou de mim , nunca mostrou qualquer tipo de carinho a sua irmã . Talvez eu também não ajudasse por que sempre que ele me batia , eu esperava meu pai chegar no trabalho e diria a ele mas distorceria um pouco da história . Acho que qualquer menina que foi posta no cargo de '' princesinha do papai'' abusou um pouco quando era mais nova mas quando parei com aquilo nossa relação não mudou , na verdade piorou e passou de uma briguinha de irmãos como todos consideravam . Quando iniciava meu 9° ano escolar a agressão mental começou , e não demorou para a fisica também ..Mas eu aguentei por que não era horrível . Ele não me torturava ou algo do tipo..então..aguentei mas isso sem eu saber me afetou emocionalmente na escola .

A minha escola era conservada por pessoas ''populares'' ou iguais . E eu fui um tipo de espécie rara por ser um tanto diferente . Por ser mais madura e literalmente uma adulta na sala de crianças , gostar de culturas que naquele tempo nenhum brasileiro teria interesse . Ou como eu adoraria usar casacos tanto em dias de sol que foi considerado estranho para todos , na verdade eles achavam esquisitos que eu nunca mostraria minha pele seja no pé ou nos braços e me irritou que quando finalmente fazia calor eu tirei o casaco e todos me olharam como se quisessem ver um braço anormal do outro ou qualquer coisa , e quando viram nada demais parecia que eu tinha virada mais estranha ; Na verdade sempre fui timida e quieta na sala de aula , enquanto em casa eu era uma verdadeira boca suja mas como sempre ninguém sabia disso .Eles não sabiam que na menina quieta e timida haveria algo animada e extrovertida , talvez se eu tivesse mostrado essa personalidade eu teria sido aceita tido muito mais amigos e tal .

E foi nesse tempo que eu começava a entender que ser você mesmo não era bom para as pessoas que fingiam ser outras pessoas . A menina safada que no fundo era inocente , ou o menino que pegava todas mas na realidade não pegava ninguém . Ninguém ali parecia ter o previlégio de ser você mesmo , era raro encontrar alguém e ela não estar fingindo ser outra pessoa então no fundo eu entendi do por que era estranha mas naquela fase em que eu tentava entender do por que eu era a '' Esquisita bonitinha '' . Era o momento que as palavras do meu irmão me acertavam como facadas em meu coração e eu comecei a ter problemas em me relacionar a mais com as pessoas . Por que a cada olhar até de desconhecidas eu me perguntava '' Será que estão me olhando por que eu sou estranha ? '' . Por que era oque meu irmão me chamava por eu ser diferente dele .

'' Estranha '' não era mais uma palavra por ser um pouco mais original do que os outros para mim tinha virado um tipo de insulto como fosse errado ser estranha e por alguma razão usar casaco sempre era quase como se eu tivesse usado um escudo . Sei lá , mas quando eu não saia para a escola com o casaco eu me sentia nua e quando eu usava me sentia como se pudesse lidar com qualquer coisa .

Meu irmão me batia mas quando eu voltei a falar para meu pai , por alguma razão todos resolveram dar o cargo de ''princesinha do papai'' para meu irmão que já tinha 20 anos . Por mais que eu sequer tivesse inventado o fato que ele me batia , parecia que eu mentia . E eu me sentia horrível por que eu não gostava de apanhar ou ouvir palavras que me machucavam sentimentalmente e eu ainda não tinha a habilidade de fingir não se importar com oque ele dizia , ou não chorar e fazer careta quando doia no momento que ele me atacasse . E eu contei para uma amiga como me sentia depois de alguns meses e ela me disse que eu poderia estar com depressão . E estranhamente eu não sabia oque era depressão e eu fui pesquisar na internet e todos os sintomas batiam comigo .

Mas como dizer '' Eu estou com depressão '' para uma familia que sequer sabia oque era aquilo , provavelmente meu pai que era uma machista como meu irmão me chamaria de louca . Ele sequer entendia a minha fobia de barata como entenderia depressão ? E eu fiquei calada por que eu não tinha coragem de dizer aquilo por mais que quisesse mesmo quando eu estava com uma simples gripe sequer diria , tomaria conta de mim mesma e foi oque eu fiz . Continuei indo a escola aguentando tudo até não conseguir mais , ficar estudando foi a pior coisa para mim por que não me sentia bem e tinha um idiota me zuando . Por que infelizmente eu tinha azar em conseguir um Crush que gostasse de mim mais ele era orgulhoso demais para admitir e sua forma de transmitir aquilo era me zuar .

Mudei para o turno da tarde mas no primeiro dia me senti horrível e olha que eu tinha uma amiga ali para ficar comigo . E no segundo dia não aparecia , eu parei de ir a escola . Não saia da cama e só no fim do ano minha tia sugeriu a minha mãe ( que tinha ido me visitar ) que seria depressão . Mas elas notaram aquilo muito tarde por que eu já voltava ao normal e eu queria voltar a escola e eu fiz . 5 meses em uma escola diferente , não quis mais por que não conseguia suportar o fato que mesmo eu aguentando tudo aquilo a tortura psicológica em casa não tinha passado nem um pouco . E quando eu voltei para minha antiga escola fiquei por 2 meses no turno da manha mas logo desisti de vez da escola , e eu tinha uma amiga virtual no qual eu finalmente contei sobre oque sofria e ela me aconselhou a denuncia-lo .

E eu pateticamente fiquei confusa .'' Denunciar ? Oque quer dizer com isso ? '' Pesquisei e achei sobre a lei maria da penha . E eu ameacei ao meu pai na frente do meu irmão que se ele me tocasse iria direto para a cadeia . E isso funcionou surpreendemente , ele parou de me bater ou de me humilhar mas eu sabia que nunca iria denuncia-lo por causa do meu pai . Mas em 2017 no qual eu passei todo o ano em casa ele voltou aos poucos e eu cheguei ao meu limite . Por que teve um dia que o ventilador estava sendo perigoso a cauda da minha cachorra e poderia machuca-la e eu fui fechar a tampa do ventilador e ele pegou essa tampa e jogou em mim . Me causando duas feridas horríveis na perna , oque horrorizou minha Tia que presenciou tudo . Um jovem de 25 atacando sua irmã de 16 . Pela primeira vez depois de eu ter conseguido esconder minhas emoções sempre que ele faria algo , pela primeira vez a parede que eu construi quebrou e eu não me importei de chorar na frente dele . Acabei com falta de ar e eu não fiz nada para aquilo parar por que eu queria ter um ataque cardiaco ou algo do tipo e morrer , mas no momento eu desmaie enquanto estava deitada .

Passou 2 semanas daquilo com minha Tia em casa para não deixar Alex chegar perto de mim mesmo que ele pareceu agir como se aquilo que tinha feito comigo fosse normal . E meu pai já tinha expulsado minha mãe de me visitar então eu só poderia falar com ela por celular e eu fiz e contei a ela tudo . Mas ela simplesmente achou besteira , e toda a esperança de vela agir como uma mãe pela primeira vez sumiu e eu disse a ela que dessa vez eu iria denuncia-lo e eu acho que ela avisou a ele por que no dia seguinte ele agiu de modo bonzinho . Mas ele parece aos poucos está voltando ao mesmo jeito de antes e eu não quero sofrer tudo de novo .

Porque isso é praticamente uma tortura para mim . Principalmente quando minha tia no começo do ano desconfia que ela está usando maconha , mas eu não posso denuncia-lo por agressão mental , fisica ou por usar maconha . Por que eu tenho medo não dele , mas da tristeza do meu pai . Eu só me importo com meu pai . Se ele me odiar por eu mandar o filho dele para cadeia ? Mas mesmo que eu tente explicar ele nunca vai entender , ele nunca vai entender que eu estou sendo a vítima dessa familia ..

Minha mãe vai me odiar por que entre nós dois ,eu não ligo para ela e meu irmão liga apenas por que ela da dinheiro para ele . E me irrita por que ela vive dessa carencia de filhos e parece que vai morrer se ngm da atenção para ela , mesmo que ela saiba que ele só se importa pelo dinheiro . Meu pai não quer que seu filho vá preso desde que agora ele tem um filho por mais que a namorada terminou com ele . Eu também penso no meu sobrinho mas eu sou a vítima aqui e de tanto pensar eu finalmente percebi que a causa da minha depressão sempre foi meu irmão . Tudo começou com meu irmão , não era por que eu não tinha muitos amigos . Por que era anti-social ,tudo era por causa do meu irmão .

Eu abandonei a escola por causa da depressão . Felizmente eu não tive o conselho tutelar na situação mas se eu denunciar meu irmão há chances de eu atrair problemas pro meu pai ? Tipo..Meu irmão me batia , meu pai não sabe oque fazer e sempre pareceu perdoar ele , e minha mãe simplesmente o apoia por ser o unico filho que dá atenção a ele . Além de meu pai o proteger por simplesmente por mais que Alex o ignore , ambos tem algo em comum são dois machistas .

Se me disserem que eu posso denunciar Alex sem chamar a atenção do conselho tutelar pelo fato que eu abandonei a escola e que não arranjarei problemas para meu pai , Eu vou denunciar ele e me livrar dessa situação horrível no qual vivo , por que realmente está difícil aguentar a presença da pessoa que eu nem considero meu irmão nessa casa . Por cada vez mais minha depressão que é horrível de aguentar piora , e eu só quero me livrar de tudo isso antes que eu realmente enlouqueça com tudo isso . Por que me irrita que meu pai não encare a verdade sobre a agressão dele por mais que seu próprio filho o ignore e sempre o insulte ele o apoia .

Se eu puder denunciar sem arranjar problemas para eu meu pai . Eu faço então por favor alguém me ajuda nesse assunto que está sendo uma tortura emocional para mim , por que eu estou vendo aos poucos a personalidade agressiva voltar para ele . Por que mesmo que Alex pare ele sabe que eu não vou denuncia-lo realmente por respeito ao meu pai , e eu não quero chegar ao ponto de ter que colocar uma faca comigo lado a lado para me defender na minha própria casa .

Desculpe pelo texto . Eu reescrevi isso mais de 5 vezes por que o texto estava enorme mas é impossível fazer algo curto .

Texto desabafado por Sarah , em Quinta, 11 de Janeiro de 2018
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Sarah agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: Irmão agressor     Familia Não Colaborativa    

Comentários ao Desabafo de Sarah

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0