No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

pub: Você gostaria de saber todos os dados técnicos sobre um site específico? Você tem curiosidade em saber qual o tráfego ou lucro de um site?

Agora é possível e sem custos. Clique aqui e indique o domínio ou endereço do site.

Minha namorada é travesti Masculino

Confissão ID: 183501 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

A gente se conheceu no 2º ano do ensino medio (2016), o nome "dela" é Ariel, só o fato de ter um nome nêutro ninguem imaginava que era na verdade um menino, uma voz muito feminina e um corpo que engana todo mundo (mas sem peitos é claro), rostinho perfeito até sem maquiagem, e o cabelo grande era natural e se vestia no estilo colegial japonesa, minissaia e meias transparentes acima do joelho (logo comigo, que sou apaixonado por asiaticas ), na sala eu ficava no fundão e ela era a primeira da fila do meu lado, eu ficava observando ela e olhava como ela era perfeita, ela tirava sempre boas notas, fazia os deveres, tinha postura, falava muito bem e tava sempre sorrindo, comigo era o contrario, notas baixas (nem sei como que eu passei de ano), não fazia porra nenhuma, fico todo torto e se eu não corrigir isso logo é capaz de eu virar corcunda, nem andar direito eu sei, falo muita giria e muito palavrão, e minha auto estima ta na puta que pariu... observando ela sempre conversando com a amiga, eu percebi que eu e ela tinhamos algumas coisas em comum... nós eramos bem calmos, gostavamos de animes, jogos, series, filmes, mangás/hqs, heavy metal, power metal, ou até um rock indie, musica eletronica, Lofi, vaporwave, musicas de jogos, musica calma, computadores... eu elogiava ela mas só na minha mente pois alem de eu ser pessimo me comunicando eu tinha muita vergonha...
A gente começou a conversar em uma publicação do facebook, um amigo nosso compartilhou um post relacionado a um desenho que dizia "emilia > rem", dae eu fui la e comentei "rem > emilia", um tempo depois ela foi la e respondeu : "Procede", e me enviou convite de amizade, ela ia percebendo que a gente tinha gostos em comum através dos meus posts no facebook e me chamou pra conversar no recreio uma vez, a gente sempre tava falando de jogos e etc, mas quando ela perguntou meu nick no LeagueOfLegends que as coisas começaram andar, ela tava no ouro3 e eu no diamante2, eu peguei uma conta emprestada de um amigo (virtual hehe) e a gente jogava junto, eu ia ensinando um monte de coisa pra ela, e a gente tava sempre conversando na escola... aquele nosso amigo, que compartilhou o post do facebook la (rafael), chamou, eu, ariel, e mais dois amigos dele pra ir no cinema, e sem saber que a ariel tava indo eu aceitei o convite, o filme era de terror e eu odeio filme de terror, sentir medo é chato pra caralho .-. e em um tom sarcastico ela me perguntou se ela podia segurar meu braço quando sentisse medo, e eu (tambem em um tom sarcastico) disse que sim, e pra minha felicidade ela fez isso mesmo, depois a gente foi comer uma pizza na casa do Rafael e quando tava todo mundo indo embora ela me pediu pra acompanha-la até a casa dela, quando a gente chegou ela me agradeceu com um beijo no rosto e foi ai que eu percebi que tava realmente apaixonado...
o tempo passou a gente começou a sair juntos, a gente foi ficando cada vez mais amigos minha autoestima cada vez mais ficava maior (e eu cada vez mais apaixonado) mas ninguem pedia o outro em namoro ja que eramos muito timidos, até que finalmente eu deixei minha vergonha de lado e pedi ela em namoro, ela disse que eu não iria querer namorar ela, eu perguntei o porque e ela disse que iria pensar... dia seguinte, na escola eu perguntei pra ela pq ela disse que eu não iria querer namorar ela, ela não quis me responder mas ela foi ficando com vergonha e quase chorando e saiu correndo e eu fiquei pensando "que merda eu fiz? ok né t-t" quando acabou a aula ela me procurou na saida e me levou um pouco pra longe das pessoas e me fez prometer que eu ia ficar calado enquanto ela falasse, ela disse que era travesti e até me mostrou a identidade, disse tambem que não havia me contado porque "ela" tambem tava apaixonada em mim e me pediu desculpas por "ter me enganado" e me perguntou se eu namoraria ela... eu fiquei sem reação e ela me disse que eu não precisava responder na hora, me falou pra dar um tempo pra eu pensar e responder quando eu achar melhor, a unica coisa que eu falei no momento é que ela não precisava me pedir desculpas, e que ela não tinha culpa de nada...
e cá estou eu... eu sempre sonhei em ter filhos (de sangue é claro) construir minha familia e por ai vai, mas fora isso eu não tenho porque não namorar "ela", "ela" me fez sorrir, me fez sentir o que eu nunca tinha sentido, fora minha familia e amigos virtuais ela foi uma das unicas pessoas que realmente foram legais comigo, e eu sinto que se eu recusasse eu iria deixar "ela" triste e eu não gosto de deixar as pessoas magoadas e mesmo depois disso tudo, o que eu senti por ela nunca vai sair de mim, eu aceitei o pedido, eu sei que isso vai de pessoa pra pessoa mas eu me sentia na necessidade de falar com alguem sobre isso e eu tenho muita vergonha pra falar isso com algum familiar ou pessoalmente...

Texto desabafado por Matheus , em Domingo, 12 de Novembro de 2017
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Matheus agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de Matheus

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0