No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

Eu confesso ao amor Feminino

Confissão ID: 171648 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Hoje eu confesso...

Confesso que fui injusta com a gente, confesso que não fui humana, confesso que apesar de traída me sinto culpada, como pode isso? Confesso que queria ao menos poder te dizer tudo oque estou sentindo, sem minhas vestes de orgulho, sem minha carapaça de forte, oque eu mais queria agora era me despir de todo sentimento ruim que nos fez se perder no caminho...
E agora? Oque sou eu sem você? Uma mera garota em caquinhos querendo acabar com toda a minha existência...
De que adiantou tudo?de que adiantará daqui pra frente?
Milhares de perguntas sem resposta entupidas de dor e vazio.. e assim vou vivendo vou me enfiando cada vez mais em um túnel frio e sem saída, aguardando que ele me consuma ou que aquela plantinha que morreu dentro de você por um milagre volte a viver com toda sua força.Como já não creio em milagres, bem, resta me esperar a morte.

Texto desabafado por Fernanda da Silva , em Segunda, 19 de Junho de 2017
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Fernanda da Silva agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: arrependimento     amor     morte     Confissões     Deus    

Comentários ao Desabafo de Fernanda da Silva

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0