No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

pub: Você gostaria de saber todos os dados técnicos sobre um site específico? Você tem curiosidade em saber qual o tráfego ou lucro de um site?

Agora é possível e sem custos. Clique aqui e indique o domínio ou endereço do site.

nao consigo desapegar Feminino

Confissão ID: 158156 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

bom, tive um relacionamento mt conturbado com um garoto (1º amor). sofri demais, ele me fazia mt mal, mentia, ocultava, traia. eu me sentia presa aquele relacionamento e nao conseguia sair, acontece que agora acabou. ja faz quase um ano do fim e eu penso nele todos os dias, é diferente nao doi mais lembrar (so em momentos q to vulneravel). pq sei que no fundo ele eh um merda. mas mesmo sabendo disso tudo eu nao consigo parar de gostar!!!!! nao temos mais contato nenhum e eu ainda sinto. tenho medo de nunca superar. de perceber que realmente to presa a ele. tenho medo de nunca mais amar tao intensamente. ele me deixou mts marcas pelo o que ja me fez passar e o pior disso td é saber que ele ta bem e nao carrega esse fardo que eu carrego

Texto desabafado por maria , em Terça, 17 de Janeiro de 2017
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. maria agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: apego     dor     Relacionamento abusivo    

Comentários ao Desabafo de maria

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0