No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

pub: Coloque a sua dúvida e surpreenda-se com a resposta. Clique para visitar o Eu Pergunto:

Respondida: por que sentimos inveja?

Respondida: ESTA CERTO ISSO???

Tudo está se tornando um problema... Feminino

Confissão ID: 157527 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Bom, a uns tempos estou com uns problemas. Na verdade no começo pra mim não pareciam ruins mais foi se tornando cada vez pior. Tudo começou com meus pais, meu pai ele é um viciado, um dos motivos de eu odiar drogas. E minha mãe é uma alcoólatra e está em depressiva.
Minha mãe sempre desconta a raiva de tudo em mim, me chama de inútil, imprestável, vagabunda, entre outras coisas. E meu pai muitas vezes chegava em casa bêbado e drogado e me machucava...
Bom eu tenho 15 anos e em 2015 comecei a fazer coisas que não devia, comecei a mexer com drogas, coisa que eu odiava mas queria chamar atenção, eu pensava "se ele pode porque eu não posso". Comecei a retrucar mais as brigas de casa o que me gerava mais problemas ainda. Foi um inferno até 2016.
Um dia tive uma briga tão feia com minha mãe, eu havia descobrido que meu pai traía ela e resolvi contar. Ela descontou tudo em mim novamente, disse que o problema era eu e que eu que a deixava triste. Eu fiquei tão triste e com tanta raiva ao mesmo tempo que me tranquei no banheiro e comecei a socar um espelho que tinha lá e eu não parei, eu estava amando aquilo, o sangue escorrendo, a dor, os cacos se quebrando e cravando nas minhas mãos. Era viciante...
Eu sangrei muito naquele dia, parei no hospital e tive que ficar lá por uns dias.
Depois disso minha mãe começou a mudar, e eu também...
Naquela época descobri que tinha distúrbio de bipolaridade eu não sabia direito o que era mais depois que descobri fiquei meio mau e estava piorando cada vez mais. Eu brigava com todo mundo, cheguei a um ponto de não ter mais amigos e nem meu namorado, fui expulsa de uma escola e passei em psicólogos. Eu estava pirando, estava agressiva, fria, me sentia morta.
Mais então comecei a mudar de novo, estava ficando depressiva, queria morrer, havia tentado me matar. Eu parei de comer, parei de dormir, parei de sair do quarto. Eu estava morrendo literalmente e agora me sinto morta, não quero mais viver.
Eu fiz uma lista pra mim seguir, 15 coisas pra mim fazer antes de me matar e eu já estou na última
Quando eu a comprir eu irei ir na praia, em uma ponte e me jogarei e deixarei que o mar me leve pra bem longe...
Eu só queria que alguém lesse isso e soubesse minha história....

Texto desabafado por Sofia , em Quinta, 12 de Janeiro de 2017
ÁUDIO: Ler o texto com idioma BR ou PT - Clique em BR ou PT e aguarde - Pausa - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Sofia agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: drogas     suicídio     Depressão     desabafo     culpa    

Comentários ao Desabafo de Sofia

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0