No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

pub: Coloque a sua dúvida e surpreenda-se com a resposta. Clique para visitar o Eu Pergunto:

o que seria um cientista ou pesquisador e qual sua principal atividade?

Não gosto de viver..Sou obrigada a viver?

Angustiadaa. Feminino

Confissão ID: 157493 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu ando tão angustiada, triste...
Primeiro que eu mantenho um relacionamento a distância e meu namorado é uma excelente pessoa, um homem de caráter e me faz sentir a mulher mais amada do mundo, mas não somos ricos, então não podemos encontrar todos os finais de semana, o máximo uma vez por mês isso quando dá e lidar com isso não é fácil tem momentos que a saudade aperta e só Deus para me acalmar...
O que mais me incomoda é minha família, com muito custo eu consegui um emprego melhor, onde eu ganho mais e posso ajudar mais, mas acontece que eles não tem limite, meu dinheiro não sobra para nada, meus pais são separados há anos, eu e meus quatro irmãos fomos criados pelo meu pai e minha mãe ficou sumida por anos, depois apareceu casada com um homem e um filho recém-nascido - ela e meu pai separaram porque meu pai bebia muito e se tornava agressivo, ela foi ficando com depressão e não aguentou a barra- quando ela surgiu nós ficamos apaixonadas pelo meu irmãozinho, porém ela e o companheiro viviam em uma situação precária e ele sempre aprontando com ela, daí decidimos levar ela para morar na cidade que uma irmã mora, por dois anos os gastos dela foram assumidos por minha irmã e meu cunhado, porém meu cunhado cansou e minha mãe nunca trabalhou, não se interessou em trabalhar nessa cidade, o que complica bem a situação, então há 10 meses depois que consegui um emprego melhor comecei a pagar o aluguel da minha mãe, mas o pior vocês não sabem ela levou o companheiro para essa casa há pouco mais de um ano e eles vivem nas nossas costas...

Eu já não aguento mais ter esses gastos fixos, ajudar, ajudar e nada pra mim... dessa forma eu nunca vou conseguir ter nada e nem construir minha vida, porque meus pais viveram a vida deles e eu quero viver a minha, quero ir para cidade do meu namorado, queremos morar juntos, mas para isso preciso juntar dinheiro - e arrumar emprego lá, é claro - às vezes me sinto até culpada por verem precisando além do que eu ajudo e eu não ter, meu coração dói de querer começar a impor limites, me sinto culpada e errada, mas será que é certo eu me anular e anular minha vida em prol da minha família? Uma vez assisti uma palestra onde o palestrante falava que isso não era é errado e que é muito errado nos anularmos em prol de nossas famílias e que devemos ter nossas vidas...

Como eu queria falar, escrever, compartilhar com alguém isso tudo... ainda tenho tanto pra falar e esse site acho que foi a melhor coisa que achei...

Paz para todos!

Texto desabafado por Angustiada. , em Quarta, 11 de Janeiro de 2017
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Angustiada. agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: FINANCEIRO     familia     sobrecarga     tristeza     angústia    

Estou errada de pensar mais em mim?

 Sim. [ 0.00% ]

 Não. [ 100.00% ]

 Mais ou menos. [ 0.00% ]

 Não sei responder. [ 0.00% ]


Comentários ao Desabafo de Angustiada.

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0