No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

pub: Você gostaria de saber todos os dados técnicos sobre um site específico? Você tem curiosidade em saber qual o tráfego ou lucro de um site?

Agora é possível e sem custos. Clique aqui e indique o domínio ou endereço do site.

Ricardoz Heterosexual

Confissão ID: 155608 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Odeio o Brasil e seu povo, este é um país fracassado que nunca vai dar certo e que não merecia nem existir.
O povo brasileiro é medíocre, alienado, ignorante, inculto, amoral, desonesto, indolente, abusado, irreverente, desleal, arrogante..., simplesmente insuportável, poderia encontrar mil palavras para descrever o que vejo e sinto todos os dias, mas seria redundante.
Este país é um local baixo, subdesenvolvido, um lugar de sofrimento, por que assim quer ser, o povo assim quer ser, quando digo povo, não me refiro só aos pobres, mas a todos, de modo geral, de todas classes e regiões.
Vivemos em cidades de ruas fedorentas, que cheiram a esgoto, com calçadas cheias de lixo, quebradas, irregulares, cheias de mendigos, favelas e bandidos extremamente perigosos.
Temos um trânsito assassino, que mata mais que muitas guerras pelo mundo, com prefeituras que só querem multar, mas não querem educar e deixam as ruas esburacadas e mal sinalizadas a ponto de serem intransitáveis.
Não temos educação, nosso povo não sabe escrever, não entende o que lê, mal sabe falar, não tem cultura, não lê, não estuda, não sabe criticar sem ofender ou se sentir ofendido.
Quem estuda, se sente superior aos outros, adora formalidades inúteis e estúpidas, leia a sentença de um juiz, ou a petição de um advogado, eles nunca se satisfazem em escrever claramente, querem algo rebuscado e as vezes ininteligível, para quê? Para nada. Acham-se guardiões da justiça, mas são primadonas de um sistema caótico, caro, redundante, extremamente confuso e que promove tudo menos justiça.
O povo crítica politicos como Renans e Cunhas , fala deles com nojo, de boca cheia, mas ora, votou neles, eles não estão lá por que arrombaram a porta, foram eleitos, por piores que sejam.
Choram e rasgam-se quando o avião levando jogadores do Chapecoense cai, mas não ligam quando as pessoas morrem na fila do hospital, largadas nos corredores imundos agonizando , com dor e sofrimento.
Não se importam quando trabalhadores morrem em assaltos.
Não se importam quando pessoas comuns são assaltadas e depois de perder tudo o que tem são humilhadas ao fazer boletim de ocorrência na delegacia.
Depois vem o Galvão Bueno chorar quando vê o avião trazendo os caixões dos jogadores da Chapecoense, depois vem o Pedro Bial chamar aqueles merdas, vagabundos e vadias do Big Merda Brasil de "heróis".
Já vi colegas de trabalho jogar comida do refeitório fora e dizer com toda a arrogância, que está "ruim", quando não tem nem o que comer em casa.
Não conseguem nem se sustentar, mas tem carro novo, móveis, eletrodomésticos e supérfluos todos pagos a prestações intermináveis, mas reclama dos juros do banco.
Não sabe nada de nada, estuda mas não usa nada do que aprendeu, se é que aprendeu, resolve tudo no jeitinho, no esquema, na malandragem, sendo o empregado ou empregador.
Mente, engana, rouba é perigosamente falso e fofoqueiro, mas acredita em Deus, Jesus, na bíblia, do pastor que berra a plenos pulmões "aleluia" para ver se atrai mais alguém para a "$alvação".
O brasileiro se acha o melhor em tudo, acha que o mundo está todo o tempo olhando para ele, admirando-o, invejando a sua "alegria", as praias do Rio de Janeiro, mas vou mandar a real, o mundo está se lixando, sabem que o Brasil é um antro, um lixo, um povo de merda, que só tem favela, droga, violência e mulher fácil, sem cultura nenhuma.
A Dilma, saudora de mandioca, estocadora de vento, 30% de 25%, diz que o brasileiro não tem complexo de vira-latas, como não?
Nem tinha acabado a festa de abertura da olimpíada do Rio e já correram nas redes sociais para ver o que os "gringos" estavam postando.
Nunca antes na história deste país, todos sabem que o Lula, super presidente é um ladrão e um incompetente, e ouvi de um chinês: - " nosso país não tem voto direto por que senão o povo elegeria um idiota como no seu país." Quanto orgulho.
Nosso país desigual, onde os ricos são extremamente ricos e a classe média e os pobres mal ganham para sobreviver, é campeão em cirurgias plásticas, onde homens e mulheres se submetem a cirurgias invasivas e desnecessárias executadas por médicos incompetentes em "clínicas" incapacitadas e que muita vezes levam a morte. Tudo pelo corpo perfeito, deformado, artificial, escroto.
Nunca entendia por que outros que já haviam morado fora chamavam o Brasil de lixo, país de merda, bosta, etc... Até que fui para o exterior, aí pude entender. Antes sequer sabia que diferença faz andar sem medo de ser assaltado, ver janelas sem grade, ver uma mera calçada limpa, ver pessoas que orgulham-se de seu país, de sua cultura, não são superficiais, nem consumistas, nem estudam só para ganhar mais ou para se mostrar, nem com obsessão pela aparência, tudo isso soa ridículo no Brasil.
Agora sei o que é ir a um supermercado e ver produtos realmente de qualidade a preços justos e não extorsivos, funcionários públicos respeitosos e prestativos, pessoas simples de alma mas cultas e estudadas, agora sei o que é trabalhar mesmo em emprego simples e se sustentar com dignidade, sei o que é ter transporte público decente e não essa merda de faixas pintadas de São Paulo, que se acha a última palavra em civilidade, até o ciclistas buzinam e pedem licença aos pedestres, nunca vi briga de trânsito, nem acreditei.
Não quer dizer que não tem problemas, claro que tem, todo lugar tem, mas pelo amor de Deus, as coisas funcionam, por que aqui nada funciona?
Até em países do leste europeu, a coisa funciona, países que foram devastados por guerras e viveram sob a dominação militar do comunismo, ficaram atrasados, mas hoje estão melhor que o Brasil e não por acaso, cheios de brasileiros morando lá.
Alguns vão dizer que os estrangeiros exploram o Brasil, eu digo o Brasil explora o Brasil, pois ele nunca se deu ao trabalho de se defender e se valorizar, o povo nunca se preocupou em melhorar a própria qualidade de vida, isso não vem de cima para baixo, mas sim de baixo para cima, ou acha que nos países desenvolvidos havia um governo que orientou o povo todo o tempo é organizou tudo sem roubar e corromper?
Acha que 500 anos é pouco? Quantos anos tem a Austrália, a Nova Zelândia, o Canadá, os Estados Unidos, o próprio Chile?
Empresas estrangeiras aqui? Exploram, ganham dinheiro, se aproveitam? Ganham dinheiro mesmo, empresa seja ela de onde for é para isso mesmo, ganha dinheiro, gera emprego para os "brazucas" e gera imposto para o governo, mas você querido irmão de pátria, torcedor fanático, folião e pacato cidadão, nunca verá está riqueza, nunca saberá o que é ter a riqueza produzida pela Pátria educadora de chuteiras, dividida pelo seu bem estar, isso nunca vai chegar em você.
Assim que possível vou embora e não volto nunca mais, eu não farei falta ao Brasil e a recíproca é verdadeira, o Brasil não me fará falta alguma.
Adeus.

Texto desabafado por Ricardos , em Domingo, 25 de Dezembro de 2016
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Ricardos agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: odeio     brasil     Povo     Ridículo     fracassado    

Comentários ao Desabafo de Ricardos

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0