No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

pub: Você gostaria de saber todos os dados técnicos sobre um site específico? Você tem curiosidade em saber qual o tráfego ou lucro de um site?

Agora é possível e sem custos. Clique aqui e indique o domínio ou endereço do site.

Uma vida destinada à solidão Masculino

Confissão ID: 123507 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu confesso que a cada ano que passa fica mais evidente a impossibilidade de que eu viva ao lado de alguém. Todos por quem me interessei sequer me notavam e, ainda que vissem, eu seria no máximo um amigo. Não importavam os meus esforços, meus milhares de favores e mimos. Nada vindo de mim significaria mais que uma garota. Quem está lendo, deve estar se questionando: "Mas não tem os gays?". Pra mim, são como mulheres. Nada sinto por eles. Mesmo os mais discretos têm algo de feminino, ainda que de forma sutil. Então, sempre reflito sobre o sentido dessa minha existência. Qual a finalidade de viver assim? Ver o tempo passar, as pessoas próximas vivendo, e você sabendo que nada daquilo te pertence...

Texto desabafado por Alguém , em Sexta, 18 de Dezembro de 2015
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Alguém agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de Alguém

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0