No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

pub: Você gostaria de saber todos os dados técnicos sobre um site específico? Você tem curiosidade em saber qual o tráfego ou lucro de um site?

Agora é possível e sem custos. Clique aqui e indique o domínio ou endereço do site.

A vida como um jogo Masculino

Confissão ID: 122721 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu confesso que me cansei da competição social.

Frequentemente somos forçados a bater metas, com penalidades de ser ridicularizado ou excluído. O mundo é para quem se encaixa. Qualquer simples "oi" é necessário um formulário de custo benefício prévio. Hoje, beleza, contatos, "cultura", vestimenta, linguajar, tudo isso vale mais do que o próprio dinheiro. Os currículos corporativos já estão ultrapassados, os atuais não precisam ser impressos.

Nosso maior exemplo são as uniões, mesmo com um esforço genuíno em descaracterizar qualquer intense aparente, ele sempre se revela na hora da escolha (e nem tudo se resume a dinheiro).

Não sei o que é pior, ser um excluído social ou ser um agente ativo que tem noção de como o jogo funciona.

Texto desabafado por Entrevistador , em Sábado, 05 de Dezembro de 2015
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Entrevistador agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de Entrevistador

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0