No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

pub: Você gostaria de saber todos os dados técnicos sobre um site específico? Você tem curiosidade em saber qual o tráfego ou lucro de um site?

Agora é possível e sem custos. Clique aqui e indique o domínio ou endereço do site.

Para todas as mulheres... Feminino

Confissão ID: 105257 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu confesso que quando eu era pequena, eu era uma criança gordinha, cresci gorda e quando cheguei na adolescência resolvi dar um basta e fiz uma redução de estômago, ao meu ver, foi a melhor coisa que eu fiz, minha estima, minha alegria, meu sorriso, tudo voltou. Antes da cirurgia tinha tentando me matar algumas vezes, vivia depressiva e com vergonha de mim mesma.
Passaram quase 10 anos da cirurgia e hoje estou com o meu peso regular, me sinto linda, mesmo com alguns resquícios do passado (estrias, celulites e etc)
Pois bem, chegando ao ponto que queria: estava saindo com um rapaz faz umas duas semanas, até que combinamos de ficar o domingo juntos e até aí tudo bem, eu estranhei que ele sempre foi muito carinhoso, ele que pedia pra eu ir lá, aí estávamos vendo Tv e chegou um horário e ele me disse que precisava ir à um treino de futebol e depois tinha que passar no escritório onde trabalha, eu achei estranho mas concordei. Ele saiu às pressas, e eu comecei a ouvir o som do facebook dele no quarto, quando olhei tinha uma mensagem dele com uma amiga falando que tinha mentido pra mim que tinha treino, que Tava preocupado porque eu achava que a gente tinha um "rolo", que não sabia o que fazer e que além de tudo apesar de eu ser linda, o meu corpo tinha estrias e que ele não achava nada atraente.
Na hora eu entrei em choque, revivi tudo que passei na adolescência, toda rejeição, todo sofrimento da época que eu era "fora dos padrões". Mas em vez de aceitar tudo aquilo calada, eu mandei uma mensagem pra ele assim: "eu só não acho que vc tinha que mentir, isso é tao coisa de criança. Mas na verdade você é uma criança. Você pensa que é perfeito, ne? Você não é, com todos esses tiques faciais e seu pinto pequeno que não tem nem ideia do que um sexo bom significa. Você pode sair do seu escritório, que eu já sai da sua casa."
Deixei um bilhete no computador dele: obrigada por ser um babaca, peguei todas as cervejas da geladeira e fui embora! Me senti a mais das poderosas, ele não me respondeu e aposto que não vai, mas ontem vai ficar marcado pra ele como o dia que ele cresceu um pouco só que seja.
Fica o meu conselho pra todas as mulheres, não deixe que nenhum homem te faça sentir feia, o corpo é seu e ninguém mais pode dar pitaco nele além de você mesmo. Se ame, se valorize!
Ps. picotei todas as camisinhas dele também!

Texto desabafado por Sabrina , em Terça, 03 de Fevereiro de 2015
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Sabrina agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de Sabrina

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0